O Google realiza nesta terça e quarta-feira, 23 e 24 de julho, no seu Campus para startups, em São Paulo, uma edição especial do Women Will, um programa de capacitação para criar oportunidades econômicas e promover o desenvolvimento e o sucesso de mulheres ao redor do mundo.

Jimena Tomás, líder do programa Women Will, e Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora – Foto Divulgação

Participam desta edição 95 mulheres egressas do sistema prisional, que estão sendo incentivadas a desenvolver novas habilidades técnicas, comportamentais e pessoais, em assuntos como ferramentas digitais, negociação, autoimagem, liderança feminina, organização financeira e segurança digital.

Com parceria da Rede Mulher Empreendedora, Humanitas 360, Responsa e Passarela Alternativa, o conteúdo é ministrado por ‘Googlers’ e por facilitadoras da Rede Mulher Empreendedora (RME), parceira do Google no programa de capacitação.

Ana Minuto, especialista em liderança feminina, da RME – Foto: Divulgação

Sobre o programa Women Will

Women Will é um programa do Google para capacitar mulheres brasileiras a criar suas próprias oportunidades econômicas, tornando-as confiantes e habilitadas para aproveitar todo o potencial do digital, seja iniciando um empreendimento, mudando de carreira ou encontrando um emprego.

O Brasil é o quinto país a receber o programa. Em 2017, foi feito um piloto do programa com 100 moradoras de Paraisópolis e Brasilândia, em São Paulo, para entender quais são as necessidades reais delas e construir um treinamento relevante e efetivo. A experiência foi registrada em um documentário produzido e dirigido pela Hysteria, braço feminino da Conspiração Filmes:

Em 2018, o projeto foi realizado mensalmente no Campus São Paulo e também contou com edições especiais em Brasília, Teresina, Natal, Salvador, Fortaleza e João Pessoa.

Em São Paulo, foram 16 horas de treinamento, divididas em dois dias, focando especialmente em grupos femininos que não tiveram acesso a programas de capacitação, como mães de filhos pequenos, mães solo, mulheres maduras 50+ e mulheres transgêneros. Até momento mais de 14 mil mulheres já foram treinadas.