Representantes do Comitê de Igualdade Racial, do Grupo Mulheres do Brasil, prestigiaram o lançamento do livro Sim à Igualdade Racial – raça e mercado de trabalho, de Luana Génot, nesta quarta-feira, 10 de abril, na Livraria da Vila, no Shopping JK, em São Paulo.

A obra é resultado da dissertação de mestrado em relações étnico-raciais de Génot, diretora-executiva do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR). Em uma abordagem reflexiva, ela discorre sobre a realidade da desigualdade racial no mercado de trabalho brasileiro, buscando caminhos para enfrentar os desafios das questões raciais dentro das empresas.

Luana ressalta que a igualdade racial é fundamental para o crescimento das empresas. “Se não criarmos ações afirmativas para as mulheres negras, não há como o Brasil sair da crise”, afirma a escritora.

Diversidade é um tema que está na pauta de todas as organizações. Já foram feitos vários estudos comprovando que empresas diversas são mais criativas e rentáveis. “Além da lucratividade temos a questão social, as empresas precisam ser diversas e inclusivas, para representar a sociedade em que vivemos”, diz Elizabeth Scheibmayr, líder do Comitê de Igualdade Racial.

O livro contém depoimentos de dezesseis pessoas de diferentes perfis, como os da jornalista Flávia Oliveira, do CEO da Novellis, Tadeu Nardoti, e da atriz e produtora Maria Gal, entre outros.

Para Scheibmayr, iniciativas como essa são fundamentais para acelerar mudanças. “Apoiamos todas as ações e movimentos que busquem essa diversidade. Isto está no DNA do Grupo e do nosso Comitê”, conclui.

Luana Génot foi a incentivadora para a criação do Comitê de Igualdade Racial do Grupo Mulheres do Brasil.