O último Portas Abertas do ano foi um sucesso! Realizado no dia 7 de novembro, na sede do Grupo Mulheres do Brasil, em São Paulo, ao longo do dia, nos períodos da manhã, tarde e noite, recebeu cerca de 500 mulheres de todos os cantos do país e também do exterior, como da Alemanha e dos estados de Roraima, Rio Grande do Sul, Ceará e Rio de Janeiro, entre outros.

Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo, de forma leve e descontraída, com Chieko Aoki e Sonia Hess, recebiam e acolhiam a todas as novas integrantes, com o time de líderes dos comitês temáticos.

Foto: Divulgação

As participantes do Portas Abertas foram surpreendidas com a presença da atriz, roteirista e diretora de cinema Carla Camurati, também integrante do Grupo Mulheres do Brasil, que passou para divulgar que mediará o painel Empreendedores Maduros em Foco, no evento Conecta Empreendedoras, que acontece no dia 23 de novembro. Veja mais informações neste link.

Carla Camurati, ao lado de Luiza Helena Trajano, marcou presença no Portas Abertas – Foto: Divulgação

Ainda na ocasião, as integrantes do Comitê de Combate à Violência contra a Mulher ressaltaram a importante mobilização de toda a sociedade para que haja uma grande participação da população em geral  na Caminhada pelo Fim da Violência contra a Mulher, que ocorrerá no dia 8 de dezembro, às 10h, em vários pontos do país e no exterior, nos locais em que há Núcleos do Grupo Mulheres do Brasil. A iniciativa integra os “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” – uma campanha internacional de combate à violência contra as mulheres e meninas, que consiste numa mobilização global da sociedade civil em torno desse propósito.

A cada dia, o Grupo Mulheres do Brasil vem crescendo em número de participantes. Atualmente, mais de 35 mil voluntárias fazem parte deste movimento suprapartidário, elas sonham e trabalham unidas para transformar o país em um lugar melhor e com igualdade de oportunidade para todas e todos.

Marisa Cesar apresenta as premissas do Grupo – Foto: Divulgação

“A quantidade de pessoas novas que recebemos a cada Portas Abertas é resultado da consolidação do nosso trabalho, de todas as temáticas que temos como propósito, por meio de nossas ações que temos desenvolvido em fóruns tão importantes como igualdade racial, combate à violência contra a mulher, políticas públicas, sustentabilidade, educação, saúde, entre tantos outros. Temos mostrado com ações concretas que somente com a mobilização da sociedade é que podemos transformar esse país”, diz Marisa Cesar, CEO do Grupo Mulheres do Brasil.