O Grupo Mulheres do Brasil acaba de ser empossado com uma cadeira no Conselho Municipal de Políticas para Mulheres (CMPM), do Município de São Paulo, em solenidade ocorrida dia 15 de janeiro, na Câmara Municipal. Marisa Cesar, CEO do Grupo foi empossada e a representante será Roberta Tasselli.

O Conselho da Mulher é um órgão autônomo, consultivo e deliberativo de participação das mulheres de controle social e de formulação, com a prefeitura, de ações que integrem todas as mulheres na política, economia e cultura da cidade. Nesse espaço, as mulheres podem opinar, debater e propor políticas públicas em temáticas como combate à violência contra a mulher, empreendedorismo, saúde, educação e cultura, por exemplo.

Ao centro, Marisa Cesar e Robi Tassel, durante a posse no CMPM – Foto: Divulgação

Há no Município de São Paulo conselhos diversos e as cidadãs podem e devem participar desses espaços nos quais as conselheiras são eleitas por voto democrático, explica Marisa Cesar. “As instituições podem representar essas mulheres e é o que o nosso Grupo está fazendo, ocupando esse importante ambiente de representação política, de debate e de envolvimento com a sociedade. Pretendemos, com nossa atuação, estimular a criação de políticas públicas voltadas para as mulheres e para a promoção da igualdade de gênero em todos os âmbitos. Esta ação está em consonância com as nossas premissas e inegociáveis”, diz a CEO.

Esta é a primeira vez que o Grupo Mulheres do Brasil tem uma cadeira no CMPM. Para Roberta Tasselli, trata-se de uma conquista para o movimento assim como para todas as mulheres. “Fiquei muito lisonjeada. Farei o meu melhor para representar o Grupo da melhor forma possível. Conto com o apoio de todas as mulheres que me inspiram e me fortalecem”, comemora a conselheira.