Aproximadamente 500 mulheres lotaram o auditório do Teatro Santander, no Itaim, em São Paulo, na tarde desta quinta-feira, 14 de março, na primeira Reunião Geral do Grupo Mulheres do Brasil, conduzida pela presidente do grupo, Luiza Helena Trajano, e coordenação de Andrea Rios, diretora executiva, em clima de sinergia e vontade de fazer acontecer.

Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo Mulheres do Brasil

Logo no início, Luiza Helena fez uma referência à tragédia em Suzano e ressaltou a importância de se discutir sobre as questões que afligem os adolescentes nas escolas, principalmente o bullying. “Nosso grupo tem adotado escolas em todos os Núcleos. Precisamos, mais do que nunca, colocar esse assunto em pauta, envolver toda a comunidade”, disse a executiva, que pediu um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do massacre.

A importância do protagonismo feminino foi destacada pela presidente do grupo no mês da mulher. “Nunca vi um dia da mulher tão comemorado e com tanto espaço na mídia. Chegou nosso tempo”, lembrou Luiza, referindo-se à ampla cobertura jornalística da imprensa à pauta feminina. “Nossa meta global é trabalhar o combate à violência contra a mulher”, ressaltou.

“Queremos construir um Brasil melhor a partir do protagonismo feminino. Como? Conectando todo mundo, todos os profissionais, todas as classes sociais, todas as esferas governamentais e a natureza feminina a serviço do Brasil”, Luiza Helena Trajano.

Diversidade, equidade e inclusão

O presidente do Google Brasil, Fábio Coelho, foi um dos convidados da tarde que apontou, na prática, caminhos e ações para diversidade, equidade e inclusão. “Diversidade de pensamento ajuda na inovação”, disse o executivo.

Fábio Coelho, presidente do Google Brasil, durante palestra

Segundo Fábio Coelho, a liderança tem que ser o exemplo para a diversidade. “O tom tem que vir de cima. Não basta convidar a pessoa apenas para a festa, temos que convidá-la para dançar. E equidade é criar condições para que as pessoas tenham sucesso, independente de onde elas venham”, afirmou Coelho durante a palestra.

Ele citou como exemplo de ações que promovem diversidade e inclusão o programa de estágio do Google direcionado para 20 jovens negros e negras que contemplará aulas de inglês, com duração de dois anos.

“Precisamos apoiar e celebrar as diferenças. Trazer para a consciência das pessoas todos os dias que temos um longo caminho a percorrer”, conclui Fábio Coelho.

NRF 2019 – Inovação e varejo

As novidades da maior feira mundial de inovação e varejo, a NRF 2019, encerraram o evento, na apresentação da empreendedora Lyana Bittencourt, diretora do Grupo Bittencourt.

Lyana Bittencourt apresenta as tendências da NRF2019

Lyana destacou a tradição da feira, que se encontra em sua centésima edição e que vem acompanhando todas as transformações porque passam o varejo e a inovação. “É uma feira de tecnologia em que se vê a prática sendo aplicada”.

Entre tantos outros aprendizados práticos, a empreendedora destacou que, mesmo com todas as novidades e tecnologia apresentadas na feira, ainda fica evidente que terão sucesso as lojas e empresas que ganharem o coração de seus clientes e que tiverem um propósito. “As pessoas querem se relacionar com quem se importa com o mundo”, afirmou Lyana.

Em nome das Rosas

A tarde foi coroada por uma homenagem musical feita por Betth Rípolli e Paulah  Gauss, que interpretaram a linda e emocionante canção Em nome das Rosas, composta por Betth Rípolli:

Homenagem às rosas

“Em nome das Rosas.

São tantas as Rosas.             

Das quais falaria                

Se em todas as Rosas sentimos Marias.          

Glórias , Vitórias, Violetas tardias                   

Com sabor de corpo perfumam a alma.         

Juntando as Rosas sao tantas Marias              

Tão cheias de graça acolhem quem passa.        

Decifram mistérios espalham magia.          

Só guardam no peito calor e perdão.          

Trilham a vida bem mais do que um chão              

Não importa seu nome mas seu coração.          

Glorias, Marias ou todas as Rosas.                            

Tem força , tem raça são iluminadas.               

Caladas , ousadas, danadas da vida

Dominam a estrada como um furacão.

Safadas, contidas, danadas da vida

Agarram a vida com fúria e paixão!”