Hoje é o Dia Internacional da Síndrome de Down, uma data para celebrar e refletir que todas as pessoas com Down devem ter as mesmas oportunidades para uma vida digna e com igualdades de inclusão. O dia 21 de março foi sugerido pela Down Syndrome International, porque esta data representada em numeral ( 21/3 ou 3/21 ) é alusiva à trissomia 21.

O tema proposto pela ONU para este ano é “Ninguém fica pra trás”, com o desafio de que os países assumam o compromisso de desenvolverem um plano global de ações, para que,  até 2030, realmente ninguém fique pra trás.

“Esta data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão das pessoas, que devem ser tratados com respeito e carinho”, afirma Terezinha Silvestre Salamanca, participante do Comitê Inclusão da Pessoa com Deficiência do Grupo Mulheres do Brasil.

#PraCegoVer: Temos um vídeo colorido, com 7 crianças do ballet infantil da Associação Fernanda Bianchini, Cia Ballet de Cegos, que estão vestidas com collant, saia tutu, meia calça branca e sapatilha branca, e usam toucas coloridas, Dançam com a música Heigh Ho (Em Inglês) e Eu vou (Em português), tema dos 7 anões da branca de neve, vídeo em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down – 21/03/19 e alunas da Professora Jessica Marchetti.

Amor verdadeiro pelo próximo – por Fernanda Bianchini

O amor verdadeiro jamais perderá tempo contando cromossomos.

Os maiores deficientes da nossa sociedade são as pessoas que não promovem a verdadeira inclusão.

Pela arte transformamos lágrimas em sorrisos e colocamos nossos artistas nos palcos para serem aplaudidos pela bela arte e não pela deficiência.

Pela arte seus talentos são verdadeiramente desenvolvidos e valorizados.