A apresentação da Cia Ballet dos Cegos fechou com chave de ouro o evento comemorativo ao Dia Mundial das Doenças Raras, ocorrido dia 27 de fevereiro, no Palácio do Planalto, com as presenças de autoridades políticas e de representantes de instituições de apoio a pessoas com deficiência.

A Cia Ballet dos Cegos é um projeto apoiado pelo Grupo Mulheres do Brasil, por meio do Comitê da Pessoa com Deficiência. Participaram da apresentação quatro bailarinas com deficiência visual e um bailarino.

“Fiquei muito feliz por estabelecer essas conexões e ver que agora temos projetos para deficientes que estão tomando forma, saindo do papel. Pude ver mães com seus filhos com deficiências muito graves e raras e que foram ouvidas com dignidade. Isso me emocionou. Foi uma grande abertura e voz para as pessoas com deficiência”, afirma Fernanda Bianchini, diretora da Cia Ballet dos Cegos e voluntária no Comitê da Pessoa com Deficiência no Grupo Mulheres do Brasil.

O Dia Mundial das Doenças Raras é celebrado em 28 de fevereiro e foi instituído em 2018. Segundo a Organização Mundial de Saúde, aproximadamente 13 milhões de pessoas no Brasil possuem algum tipo de doença classificada como rara e, em sua maioria, é genética. De acordo com o Ministério da Saúde, há entre seis e oito mil tipos de doenças raras no mundo.