Você sabia que, pela primeira vez, o Grupo Mulheres do Brasil está concorrendo a assentos no Conselho Municipal de Políticas para Mulheres (CMPM), do Município de São Paulo? Talvez você se pergunte qual a importância disso e o que significa na prática, não é mesmo?

O Conselho da Mulher é um órgão autônomo, consultivo e deliberativo de participação das mulheres de controle social e de formulação, com a Prefeitura, de ações que integrem todas as mulheres na política, economia e cultura da cidade. Nesse espaço, as mulheres podem opinar, debater e propor políticas públicas em temáticas como combate à violência contra a mulher, empreendedorismo, saúde, educação e cultura, por exemplo.

Convidamos você a nos dar o seu voto de confiança, no dia 27 de outubro, das 9h às 15h.  O Grupo Mulheres do Brasil está concorrendo a um assento como Entidade Feminista, o número para o qual você deve votar é o 140, anote, pois  cada voto conta, cada mulher conta!

Há ainda outras integrantes do Grupo que estão concorrendo a cadeiras regionais, são elas:

Regional Leste: Elaine Correia  – Número 306

Regional Sul: Sol Horti  – Número 316

Regional Sul: Marcela Baldoni – Número 317

Imagem: CMPM Divulgação

Há no Município de São Paulo conselhos diversos e as cidadãs podem e devem participar desses espaços nos quais as conselheiras são eleitas por voto democrático, explica Ligia Pinto, uma das líderes do Comitê de Políticas Públicas do Grupo Mulheres do Brasil. “As instituições podem representar essas mulheres e é o que o nosso Grupo está fazendo, ocupando esse importante ambiente de representação política, primeiramente se candidatando como instituição e também apoiando candidatura de mulheres que estão em consonância com as nossas premissas e inegociáveis”, diz.

Participe informando-se e votando, afinal, lugar de mulher é também na política, ocupando os espaços de poder. Clique neste link e saiba mais.