Em clima de muita motivação, 45 novas integrantes iniciaram nesta segunda-feira, 27 de julho, a 7a. edição do Programa Aceleradora de Carreiras, do Grupo Mulheres do Brasil, em formato on-line.

São mulheres negras e pardas, vindas de diversas partes do país – Bahia, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso e São Paulo, que já atuam profissionalmente em posições seniores e que almejam se preparar para assumir postos de lideranças executivas em empresas e organizações.

O Programa Aceleradora de Carreiras, idealizado pelo Comitê de Igualdade Racial, aborda temas como autoconhecimento, sonho, carreira, valores, marca pessoal, ancestralidade, finanças, dress code e networking.

“Elas estão passando por uma jornada de aceleração até 1º. de agosto, com um time de especialistas incríveis como Jandaraci Araújo, Jéssica Sandim, Viviane Elias, Lisiane Lemos, Daniela Basile, Sandra Moura, Márcio Kibar e Helen Andrade”, explica Eliane Leite, uma das coordenadoras do Programa e integrante do Comitê de Igualdade Racial.

Proporcionar oportunidade de desenvolvimento e empoderamento paras as participantes é gratificante, diz Elizabete Scheibmayr, uma das líderes do Comitê de Igualdade Racial.  “Essas jovens passam a gerenciar melhor suas carreiras, identificando os pontos fortes e fracos, fazendo planos de curto, médio e longo prazo. Pensam em networking estratégico e não têm medo de errar, entendendo que isso faz parte do crescimento”, afirma.

A emoção de participar:

“Estou em um momento de busca pelo autoconhecimento e este programa veio como um presente, no melhor momento, com as melhores pessoas. Já sou grata por participar, mesmo antes de conhecer”, Cristiane Andrade, Analista de Mercado de Eletricidade.

“Foi uma grata surpresa ser selecionada ao Programa Aceleradora de Carreiras. Um programa liderado por mulheres inspiradoras, que estão mudando a trajetória de nosso país, com mais oportunidades para todos. Espero me integrar a este grupo e ser também a protagonista desta história de evolução e combate à desigualdade” Luciana Amorim, coordenadora de Saúde e Segurança.

“Agradeço pela oportunidade de fazer parte desse programa, já é uma conquista ter sido selecionada. Agora vem o que busco sempre: evoluir como pessoa e profissional. Estou animada para essa nova fase de autoconhecimento e de compartilhamento”, Uilza Vasconcelos, Coordenadora Financeira.

“Reafirmei o autoconhecimento que venho tentando desde o início do ano. Aceitação é muito importante! Me senti muito grata por conseguir ser segura na frente de tantas mulheres e afirmar meus defeitos e por, perto de tantas histórias, ser tão abençoada na minha vida. O exercício me mostrou que eu ‘EU’! Sou a melhor pessoa no mundo para ser eu mesma, com os defeitos, com as qualidades, com as dores e com as vitórias”, Jéssica Alcântara de Souza, Analista de Dados.