O Grupo Mulheres do Brasil Núcleo Belo Horizonte apoia a campanha “Apadrinhe uma criança do CAIS”.

O CAIS (Centro de Atendimento e Inclusão Social) é uma organização sem fins lucrativos, que trabalha em prol da inclusão da pessoa com deficiência na sociedade. Atualmente, presta atendimento a 437 pessoas com deficiência e seus familiares com serviços nas áreas clínica, pedagógica, de educação profissional e assistência social.

As atividades do CAIS são financiadas por meio de convênios com o poder público, doações de pessoas físicas e jurídicas e parcerias com empresas. Porém esses recursos não são suficientes para garantir todo o serviço prestado pela instituição.

Para complementar esses recursos, a instituição lançou uma campanha de apadrinhamento, possibilitando a pessoas que tenham sensibilidade e queiram ajudar as crianças e as famílias assistidas pela instituição que contribuam com a doação mensal de R$ 60,00, pelo período de 24 meses.

Para manter os atuais atendimentos de 84 bebês em média, por mês, é necessário que o CAIS alcance o número de 672 madrinhas ou padrinhos com contribuições mensais. A meta é atingir a marca de 1.200 adesões em um ano, ampliando assim a abrangência do programa.

Segundo Patrícia Tiensoli, líder do Grupo Mulheres do Brasil Núcleo Belo Horizonte, apadrinhar uma criança do CAIS é uma forma de garantir que mais crianças tenham acesso à saúde, à educação, e à inclusão. “Apoiamos essa causa porque lutamos por um país em que todos tenham oportunidades. O trabalho da instituição é sério e todo o recurso arrecadado é utilizado para o atendimento direto aos bebês, às crianças, aos adolescentes e adultos assistidos em seus diversos programas”, diz a líder.

Para aderir ao programa e apadrinhar uma criança do CAIS, entre no site da instituição clicando aqui.